Quinta-feira, 9 de Novembro de 2006
Esquimó, rim e jangada







Estão assim eleitos, pela maior autoridade do planeta em assuntos em geral, questões em particular e conclusões com maior índice de propriedade focalizadas em toda e qualquer prática libidinosa entre mamíferos menos os elefantes-marinhos e a Júlia Pinheiro que essa gente mete nojo, os três piores nomes de bolos.

Obrigadinho, até mai’ logo.




Comentários:
De O Mariachi a 16 de Fevereiro de 2007 às 14:58
Nã nã! Essa merda do "mil folhas" é treta! Uma vez contei, só tinha 900! Alguem anda a meter ao bolso!
Cambada de corruptos!


De Pedro a 13 de Novembro de 2006 às 02:44
Se assoprares podes comer tudo. Os micróbios voam, pá. São pequenos e leves.


De João a 11 de Novembro de 2006 às 12:23
Eu gosto é de comer "mil folhas", apesar de com a boca aberta no máximo só consigo abocanhar 750 folhas, o que me obriga a espalmar o bolo antes de o comer.
O que é uma chatice porque o creme cai-me no chão e se tiverem pessoas a ver já não o posso apanhar e comê-lo.


De Rantas a 11 de Novembro de 2006 às 00:53
Bolas, eu gosto de comer rins!


De El Ranys a 10 de Novembro de 2006 às 19:59
Sim, perdão, elefantes-marinhos.
Júlia Pinheiro também podia ser nome de bolo.


De Pedro a 10 de Novembro de 2006 às 19:07
Não gosto muito mais de lesmas normais, mas pronto.


De Pedro a 10 de Novembro de 2006 às 19:07
Parecem lesmas gigantes.


De Pedro a 10 de Novembro de 2006 às 18:38
Elefantes.


De El Ranys a 10 de Novembro de 2006 às 18:26
Arredar as práticas libidinosas com a Júlia Pinheiro até compreendo, mas o que é que tens contra os leões marinhos?


De Nelson a 10 de Novembro de 2006 às 14:22
Em geral, ao ler os teus posts demoro um bom bocado a perceber onde aquilo vai chegar.

Desta vez, parece um daqueles anúncios de 30 segundos em que ao fim de 28 segundos ainda não fazes puto de ideia do que te estão a vender! Parti-me a rir.


Comentar post

arquivos e isso
coisas menos coiso
digam que vão de minha parte
 Para deixar recado e assim
  • olhequenao@hotmail.com