Domingo, 18 de Novembro de 2007
un'altra te

[sim, que até eu me fartar, os títulos serão apenas e só músicas do Eros Ramazzotti. Razão, que providencio igualmente apenas e só devido a estar bem-disposto: porque o chegar-se a casa de madrugada, ligar o televisor e apanhar um Top + de mil nove noventa e três, é coisa para resgatar a saudade dos tempos em que o Ramazzotti cantava e ficava tudo bem, o que, emocionalmente, pesa que se farta]




Uma coisa que o Iraque tem de bom é que as toilettes consistindo na parte de cima dum fato de treino de pele de pêssego e calças de fazenda, bem como a parte de baixo dum fato de treino de pele de pêssego e camisa, ainda não saíram de moda. A destacar, também, o facto de o acesso a bazucas estar extremamente facilitado. São, mormente esta última, características que aprecio num país. Em Portugal é impossível conseguir uma bazuca, o que não deixa de constituir uma desilusão. De mais a mais, e só para que conste, quem não achar que a melhor cantiga dos Blondie é a Atomic, merece uma doença de pele contagiosa que venha acompanhada de extremo prurido e seja motivada pela presença de um ácaro. Vulgo, sarna. A reter, também e finalmente, o facto de quem nunca acordou praticamente nu no tejadilho de um carro em Vendas Novas, tendo começado a beber naquele bar do Bairro Alto onde a mini era a oitenta cêntimos depois do Itália x Suécia do Euro, sabe lá o que é uma bebedeira. Sendo que, por praticamente nu, eu posso muito bem querer dizer ‘apenas com uma meia na pila’. Em que medida me chateiam aquelas pessoas que perguntam se tenho uma esferográfica em vez de perguntarem se tenho uma caneta? É muito. Diga-se ainda que todos os acontecimentos cujo aspecto realçado por grande parte dos intervenientes seja “é o convívio” são, em traços gerais, merdosos. O que também m’arrenega em conformidade.

 




Comentários:
De Joana a 18 de Novembro de 2007 às 22:51
Posso dizer qualquer coisa, mesmo que não tenha nada (de jeito) a dizer? Não percebi nada do que querias dizer...


De pedro a 18 de Novembro de 2007 às 23:03
É o que dá vir para aqui perdida de bêbada.


De Joana a 19 de Novembro de 2007 às 17:43
Bêbada? Não, são efeitos secundários da poesia de um dia mau...


De Nelson a 19 de Novembro de 2007 às 10:34
Bom, bom, foi o Suécia-Dinamarca! Aquele 2-2. Isso é que foi ver vikings todos bêbados, acompanhados por alguns não-vikings também bêbados, a cantar "2-2 Ciao Italia" com a música do Go West dos Pet Shop Boys, aquela que, inexplicavelmente, se tornou património futebolístico da humanidade.

Foi uma bela noite, sim senhor. Mesmo se não acordei em Vendas Novas. Acordei na Ribeira mesmo.


De pedro a 19 de Novembro de 2007 às 22:03
Chusma de nórdicos batoteiros.


De anatcat a 19 de Novembro de 2007 às 16:57
agora o meu mundo desabou
sempre me deu alento pensar que poderia facilmente conseguir uma bazuca em Portugal

não sei que mais comentar

mas também só cá vim pelo convívio :)


De ZOT a 20 de Novembro de 2007 às 18:24
Concordo! os Iraquianos podiam muito bem usar calças de térilene, que são muito mais frescas do que as de fazenda...penso eu.

Uma pila que se preze veste um colã e não uma meia. E mais, mesmo que a mini estivesse a 25 centimos, não embebedaria qulquer um. Provavelmente alguma blondie nordica misturou-te alguma coisa na bebida.


De Primo Mouco a 21 de Novembro de 2007 às 10:47
No que concerne cowboyadas durante o Euro 2004, parece-me que terei atingido o auge, ao entrar no restaurante de um hotel em Amarante para visionalizar calmamente o França - Croácia e ter como únicos companheiros de visionalização um grupo de quatro búlgaras recém-saídas da adolescência (e que adolescência, amigos) a torcerem fervorosamente pela Croácia por entre golpes de vinho da casa. Nunca fui tão Croato-Búlgaro como na after-party daí decorrente.


De Izzy a 22 de Novembro de 2007 às 00:11
Entretanto acordaste e mais uma vez lamentaste a ma sorte de essas coisas so te acontecerem em sonhos.


De Grinch a 22 de Novembro de 2007 às 14:50
Ah que saudades dos tempos em que todos os cafés vendiam Bazookas a 20 centavos. Depois vieram as Piratas e prontos... foi o fim de um reinado.


Comentar post

arquivos e isso
coisas menos coiso
digam que vão de minha parte
 Para deixar recado e assim
  • olhequenao@hotmail.com