Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Olhe que não, shô Doutor! Olhe que não...

Olhe que não, shô Doutor! Olhe que não...

cose della vita

pedro, 26.11.07


Dica complementar e prática: como apanhar grilos ou isso



Opção primeira: Apodere-se de uma palhinha de extensão razoável e, após a inserção da dita na casa do grilo [vulgo, buraco – obviamente, caralho, que se dispensam todo e qualquer vulgarismo analógico], vá rolando entre dedos, fazendo cócegas ao insecto ortóptero aqui objecto da sua caçada, até que este venha cá para fora. Se ficou confuso, lembre-se: insecto ortóptero é o grilo [li muitos dicionários quando tive papeira, varicela e aquela outra coisa que se deve apanhar em puto porque quando se é grande faz mal e morremos].

 

Vantagem da opção primeira: além do grilo sair bem-disposto e a gargalhar, esta opção tem o seu quê de poético, infanto-nostálgico e demais diversas paneleirices tão do agrado de poetas, infanto-nostálgicos e demais diversos paneleiros.

 

Desvantagem da opção primeira: Pode ocorrer o grilo não ter cócegas ou ter tido um compromisso fora. Mas, mais importante que isso, esta opção não nos dá uma desculpa para mijarmos para um buraco [vulgo, casa] onde mora um grilo.

 

Opção segunda: Urine para a casa [que é vulgo quê? exacto, buraco] do grilo, até que o referido animal saia a boiar num transbordo de líquido urinoso. Se correr bem, o grilo sairá em posição ‘escorrega de aquaparque’. Será muito divertido.

 

Vantagem da opção segunda: É para lá d’óbvia: esta opção estrutura uma desculpa para mijarmos para um buraco onde mora um grilo, acontecimento que é sempre de louvar, seja em que latitude for.

 

Desvantagem da opção segunda: Além de, muito possivelmente, ficar com um grilo que cheirar a urina – o que pode depois levar a que se coloquem questões da índole de uma “este grilo até canta bem, mas cheira a mijo” –, trata-se de uma opção que, embora esteja longe de ser exclusiva, surge-nos claramente optimizada para o género masculino, dado possuirmos a faculdade da pontaria. Para ambos os sexos, podem-se apontar, como pontos menos positivos, o facto de nem sempre se ter vontade de mijar e às vezes a casa [vulgo nada, já chega] do grilo ser, afinal, o lar duma cobra ou etc.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    silentvoices 26.11.2007

    Eu ajudo!
    Sou contra totalmente mas a mudar seria:
    "Heróis do Mar, Pobre Povo..."
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.